6 Factos interessantes e surpreendentes sobre cerveja

1. A cerveja é uma das bebidas mais antigas do mundo:

Os primeiros registos de fabricação de cervejas datam de aproximadamente 6.000 anos atrás, provavelmente originários da Mesopotâmia – região que corresponde atualmente ao Kuwait e ao Iraque. No ano de 2.1000 a.C., já havia sinais de que a população local, os sumérios, consumiam uma bebida fermentada, obtida por meio de cereais.

2. Em 1814, Londres foi inundada por cervejas:

No dia 17 de outubro de 1814, o tanque principal da cervejaria de The Horse Shoe, em Londres, rompeu e despejou quase um milhão e meio de litros de cerveja pela cidade. O acidente causou a morte de, pelo menos, oito pessoas.

3. O presidente norte-americano George Washington produzia sua própria cerveja:

De acordo com a neta Martha Washington, o presidente consumia uma cerveja feita na propriedade de Mount Vernon – palácio localizado no estado da Virgínia. Há relatos de que George Washington também servia a bebida durante as suas festas.

4. Existe uma Deusa da cerveja:

Chama-se Ninkasi e é uma deusa suméria. Para percebermos o seu papel temos de recuar até ao ano 4000 a.C. Segundo reza a lenda, “nasceu da água fresca cintilante” para “saciar o desejo” e “satisfazer o coração”. A sua importância foi tal que lhe foi dedicado um poema, que contém uma receita de cerveja. A elaboração desta bebida nessa civilização estava a cargo das mulheres, eram elas que produziam os alimentos com os ingredientes colhidos pelos homens. Essas ‘mestres cervejeiras’ eram conhecidas como sacerdotisas da deusa da cerveja, Ninkasi.

5. Cada cerveja tem o seu copo ideal:

A escolha do copo depende da característica da cerveja que se pretende destacar ou intensificar. Se a cerveja é mais refrescante, deve ser servida num copo mais estreito, ideal para manter a cerveja fresca. Para as cervejas mais encorpadas, o mais indicado são os copos mais largos, já que a cerveja se aguenta no copo por mais tempo.

6. O vidro castanho das garrafas de cerveja serve para a proteger:

As garrafas de vidro castanho protegem a cerveja dos raios ultravioleta e das luzes fluorescentes usadas nos supermercados. Assim, evita-se que ganhem um mau aroma, causado por reações fotoquímicas da isomerização dos compostos do lúpulo. Quando as garrafas têm uma tonalidade mais clara, devido à ação da luz, os componentes do lúpulo podem libertar outros constituintes aromáticos, o que faz com que a qualidade da cerveja fique comprometida.

Esperamos que este artigo te tenha satisfeito a curiosidade e, acima de tudo, que te tenha acrescentado conhecimento!

Scroll to Top